Nação Sacerdotal Yeshua Melekh
Reflexões
Tudo pelo Shabat

O (שַׁבָּת) Shabat conforme a pronúncia do Hebraico moderno e Shabbãth conforme a pronúncia dos tempos bíblicos é o quarto mandamento dos 10 ditos e é praticado por judeus e algumas denominações cristãs. É um dos mandamentos que se dão muita ênfase por ser um dia de reunião que ocorre semanalmente.

Para os que o praticam, esperam este dia com impaciência, pois este é um dia de alegria e regozijo. Pelo fato do Shabat ser um dia tão especial na vida dos que praticam os mandamentos, muitos fazem de tudo para não descumprir este mandamento e é justamente aí onde mora o problema. Sim! O excesso de zelo por este mandamento pode ser um problema! Na realidade, este raciocínio pode ser aplicado a todos os outros mandamentos, mas vamos manter o foco apenas no Shabat, e cabe ao leitor sondar sua própria vida e avaliar se isto também não está acontecendo nas demais áreas.

O zelo dos fariseus sobre o Shabat, colocando-o acima da vida é algo que Yeshua já nos mostrou ser uma falha e é algo que todo mundo está cansado de saber. Mas em nossos tempos, outros problemas surgiram e as pessoas não estão se atentando.

A nossa vida cotidiana está muito diferente do que era a vida das pessoas no passado. Vivemos uma vida extremamente corrida, sempre com muitas ocupações e pouco tempo para resolver tudo. E além de vivermos uma vida agitada, não estamos vivendo no antigo Yisrã’el, onde na Sexta a tarde todos cessavam suas atividades para se prepararem para o Shabat, pelo contrário, estamos vivendo em nações estrangeiras, onde a grande maioria esmagadora nem sabe o que é Shabat. E é exatamente por conta disso que aqueles que cumprem este mandamento têm que se contorcer para poder conseguir se preparar para o Shabat.

O grande problema é que por mais que você se esforce para cumprir o Shabat, as vezes você vai se deparar com alguns empecilhos do mundo moderno.  Vamos supor que você vai guardar o Shabat, mas estamos na Sexta-feira e você se lembra que não tem nada pra comer em casa, aí você decide ir ao mercado comprar coisas de preparo rápido para poder comer no Shabat, e lá está você no mercado, pegou tudo o que você queria comprar, mas quando chega na fila, você percebe uma fila imensa e se dá conta que você vai demorar muito no mercado e vai acabar transgredindo o Shabat. Neste momento, alguns podem achar justificável furar uma fila para poder cumprir o Shabat, assim como também tem pessoas que pegam um grande engarrafamento e acham justificável avançar o sinal por exemplo, para que eles consigam chegar a tempo para o Shabat. Ao avançar o sinal, você está colocando a sua própria vida em risco e ainda a dos outros, assim como também, ao furar uma fila, você está prejudicando outros para seu próprio benefício. E com isto você está tropeçando naquilo que é a base para toda a Torãh:

"E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo."
Mattyth'yãhu/Mateus 22.39

Além de você estar causando um dano ao seu próximo, você está dando mau exemplo para os demais, dando-lhes motivos para lhe criticar e sendo motivo de tropeço para eles, ou seja, você tropeça e eles também. E nisto está outro problema que nos foi alertado por Ya’aqov.

"Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos."
Ya'aqov/Tiago 2.10

Não adianta descumprir um mandamento para cumprir outro, também não adianta tentar dar um “jeitinho”, pois este “jeitinho” nós todos sabemos que não é algo bom, pois de “jeitinho” em “jeitinho”, surge aos poucos um problemão. Quando damos um jeitinho hoje, nos acostumamos a esta vida de “jeitinhos” e passamos sempre a fazer isso, mas, quando buscamos viver uma vida integra, hoje vacilamos, mas da próxima vez ficamos mais espertos e prestamos mais atenção, ou seja, hoje eu posso ficar preso em uma fila de supermercado, mas na semana seguinte, na Quinta-feira eu já vou estar atento para este problema para não mais ter que ir ao mercado na Sexta. Percebe? Quando enfrentamos as consequências dos nossos vacilos aprendemos, mas quando buscamos dar um jeitinho, nunca aprendemos.

Por isso, nunca podemos pensar que tudo é justificável para se cumprir um mandamento e devemos estar preparados!

Material produzido por: Edenyah ben Adam
Conecte-se conosco no Facebook
Siga-nos no Instagram
Siga-nos no Twitter
Se inscreva em nosso Canal
Nação Sacerdotal Yeshua Melekh
Proibida a reprodução sem o consentimento dos responsáveis